EmbalagensIdentidade VisualRótulos

Etiquetas para congelados

[tie_index]Etiquetas ou Rótulos[/tie_index]

[padding top=”0″ bottom=”0″ right=”5%” left=”5%”]

Etiquetas ou Rótulos

Um setor que ganha destaque no mercado é o de alimentos congelados. São produções muitas vezes artesanais, em menor quantidade, voltado a diversos segmentos. Marmitas simples, comida saudável, comida fitness ou gourmet, não importa o público, a etiqueta precisa existir.

[tie_index]BOPP ou Couchê?[/tie_index]

[padding top=”0″ bottom=”0″ right=”5%” left=”5%”]

Etiquetas-para-congelados---1BOPP ou Couchê?

Na maioria dos casos etiqueta ideal é a de BOPP. O BOPP (polipropileno biorientado) é um filme que resiste bem a umidade (não absorve água) e ao congelamento. Isso significa que ele não muda de aspecto desde a sua aplicação, durante o congelamento ou resfriamento até o descongelamento na frente do cliente. A etiqueta pode ser em BOPP fosco, BOPP brilhante, BOPP transparente, metalizado ou outras opções.

Uma outra opção mais econômica é a etiqueta de papel couchê. Ela até pode ser utilizada para alimentos refrigerados ou congelados, mas tem alguns problemas: por ser um papel, ela resiste pouco a água e vai absorvendo umidade lentamente. Assim, especialmente no descongelamento, a etiqueta tende a encharcar e ficar feia, o que não é bom para a sua marca. Então, claro que a etiqueta também não fica bem se o produto for aquecido em banho maria. Uma última desvantagem: o papel couché com adesivo permanente é muito chato para ser removido da embalagem, caso ela seja reaproveitada.

O papel couché tem uma vantagem sobre o BOPP, além do preço: ele aceita melhor a escrita com caneta esferográfica (para anotações à mão), pois a tinta da caneta seca rapidamente sobre ele. No BOPP também é possível escrever, mas é preciso esperar alguns segundos depois de escrever para a tinta não borrar. Para fazer anotações em etiquetas que serão congeladas, recomendamos usar canetas especiais tipo “permanente” (como canetas para CD ou retroprojetor), para que as anotações não borrem durante o descongelamento, ou carimbo específico para isso.

[tie_index]A questão do adesivo[/tie_index]

A questão do adesivo

Outra coisa importante a se considerar é qual o tipo de adesivo ideal. Existem adesivos especiais para congelamento, que garantem que a etiqueta não cairá durante o armazenamento e o transporte. No entanto, quanto mais específica for a formulação, mais caro é o adesivo.

Então, para muitos casos, um adesivo mais simples resolve a questão. Por isso pedimos sempre mais informações na fase de orçamento: quanto tempo em média o produto fica congelado? Ele é etiquetado resfriado, em temperatura ambiente ou quente? A embalagem está totalmente seca quando recebe a etiqueta? Essas informações nos ajudam a escolher o adesivo mais barato para o seu produto. Ou podemos ajudar com dicas (por exemplo, colar a etiqueta sobre a superfície seca aumenta muito o seu poder de adesão).

Outra questão importante: o adesivo é aprovado para contato direto ou indireto com alimentos? A ANVISA determina o uso de adesivos que atendam às exigências FDA 175.105 ou ISEGA para contato indireto ou direto com alimentos. (O fabricante de materiais adesivos é quem solicita e garante essa compatibilidade. Trabalhamos com as maiores fornecedoras,cujos produtos são aprovados por um rígido controle de qualidade).

Ainda em adesivo, há dois grandes grupos: etiquetas permanentes, que ficam no produto até o descarte e etiquetas removíveis, utilizadas principalmente quando o recipiente é reaproveitado. Entre as removíveis há até etiquetas “removíveis na lavagem”, que saem do produto somente quando imerso em água quente.

[/padding]

[tie_full_img]

[/tie_full_img]

[tie_index]Aplicações diversas[/tie_index]

[padding top=”0″ bottom=”0″ right=”5%” left=”5%”]

Aplicações diversas

São vários os negócios que exigem uma boa etiqueta para congelados. Um dos negócios da moda é a de alimentos prontos, sejam refeições prontas, sejam empresas maiores que fazem marmitas vendidas nas seções de congelados de supermercados e varejistas.

O que vai na etiqueta? Muitas vezes a etiqueta é o próprio rótulo do produto. Então você pode incluir o logotipo da empresa, CNPJ, nome do produto, ingredientes, tabela nutricional, datas de fabricação e validade, instruções de armazenagem e conservação e dados sobre alergênicos. Maiores informações, entre em contato.

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar